Encontro empresarial com o FIDA em Portugal: uma parceria para o Desenvolvimento da Agricultura

O FIDA e Portugal partilham um profundo compromisso em acabar com a pobreza rural e a fome, apoiando os pequenos agricultores a melhorar a sua produtividade e resiliência. Esta foi a mensagem geral do seminário de negócios de 1 de março que decorreu em Lisboa no Ministério da Agricultura organizado pelo Gabinete de Planeamento, Política e Administração Geral (GPP). O evento teve como objetivo fortalecer a colaboração entre o FIDA e o Governo de Portugal, a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), o setor público e os parceiros de desenvolvimento do setor privado.

Luís Capoulas Santos, Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural de Portugal, abriu a sessão, realçando a importância da cooperação na salvaguarda da agricultura familiar e resultados sustentáveis da agricultura nos países da CPLP, desempenhando um papel chave no apoio aos esforços dos países no campo da agricultura e da alimentação.

Em outubro de 2018, o FIDA assinou a “Carta de Lisboa para o Fortalecimento da Agricultura Familiar”, juntando-se aos principais interessados ​​e aos nove Estados Membros da CPLP para melhorar os meios de subsistência dos pequenos agricultores em todo o mundo em desenvolvimento. A Carta promove políticas públicas que fortaleçam a agricultura familiar e promovam a Agenda 2030. Os pequenos agricultores respondem por até 80% dos alimentos produzidos no mundo em desenvolvimento, mas são frequentemente os mais vulneráveis ​​à fome. O seminário empresarial baseou-se nos princípios da Carta, envolvendo-se com as partes interessadas em todos os setores, incluindo empresas, para a prossecução dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) nas comunidades de língua portuguesa.

“Como parte do nosso esforço para acabar com a pobreza e alcançar fome zero, as parcerias com o setor privado são essenciais para alcançar os ODS até 2030, que estão no centro do mandato do FIDA para investir em pessoas rurais”, disse Charlotte Salford, Vice-Presidente Associada do Departamento de Relações Externas e Governança do FIDA.

Durante o evento, Salford destacou vários novos instrumentos de colaboração com o setor privado, incluindo o recém-lançado Agri-Business Capital Fund (Fundo ABC). O Fundo ABC, iniciado pelo FIDA, é um fundo de investimento de impacto privado que busca apoiar pequenas e médias empresas rurais em países em desenvolvimento. Ao criar acesso ao capital, este fundo procura capacitar essas empresas para alavancar os seus negócios e criar oportunidades de emprego, especialmente para os jovens.

O FIDA também se reuniu com várias partes interessadas do setor privado, sociedade civil e academia para identificar pontos de entrada concretos para a colaboração alavancar o portfólio da instituição. O FIDA possui uma carteira de aproximadamente US $ 1,3 bilhão em países da CPLP que podem ser aproveitados para investimentos em cadeias de valor sustentáveis ​​que conectam organizações de agricultores e pequenas e médias empresas aos mercados.

Com esta iniciativa, o FIDA e Portugal reforçaram ainda mais a sua parceria para acelerar o avanço dos ODS na próxima década.

Ver video FIDA (EN)

 SessaoFIDA

Contactos

Email:geral@gpp.pt

Telefone: (+351) 213 234 600

Encarregado Proteção Dados:
encarregado.protecao.dados@gpp.pt

Data de atualização

20-03-2023

 17 Digital PT 4C H FC AA

 

logoGPP final

 

w3cvalidhtml5png

Copyright © 2018 GPP. All rights reserved.

Pesquisar