SIAZ - Campanha 2016-2017

Resultados do Inquérito aos Lagares de Azeite

 

Os resultados do inquérito aos lagares de azeite na campanha de produção 2016-2017, apresentados nos quadros e gráficos, reportam-se a uma amostra de 158 lagares, que representaram 90% da produção total nacional nas últimas campanhas.

Extrapolando o volume de azeite extraído pelos 158 lagares da amostra, para a totalidade dos lagares em laboração no país, estimamos que, na campanha 2016-2017, a produção nacional de azeite tenha sido de 75,2 mil toneladas.

Este volume de produção traduz um decréscimo de 31% em relação à produção da campanha 2015-2016 (109,1 mil toneladas), que tinha sido a mais elevada das últimas 100 campanhas, mas apenas uma diminuição de 2 % relativamente à produção média das últimas 6 campanhas (76,7 mil toneladas).

A diminuição na produção, registada na campanha 2016-2017, resultou, essencialmente, da irregularidade meteorológica ao longo do ciclo olivícola. Além disto, o ano olivícola foi de contrassafra nos olivais de sequeiro. Estes fatores provocaram quebra na quantidade total de azeitona produzida e atraso na respetiva maturação e colheita, com diminuição do rendimento médio da mesma, em relação à campanha anterior: a quantidade de azeitona laborada nos lagares diminuiu cerca de 27% e o seu rendimento médio em azeite diminuiu 6%, passando de 15,2% para 14,4%.

A região Alentejo foi responsável por cerca de 75% da produção nacional de azeite.

A região Norte registou o mais alto rendimento da azeitona laborada (16%) e a menor diminuição no volume de azeite produzido (-16,5%), em relação à campanha anterior.

O atraso verificado na colheita da azeitona afetou a distribuição da produção pelos 4 meses da campanha de laboração dos lagares (outubro – janeiro): no mês de novembro produziu-se apenas 35% do total (46% na campanha 2015-2016) e o mês de dezembro concentrou 53% do total produzido (36% na campanha 2015-2016). A produção em janeiro passou de 4% para 8% do total.

 

Resultados do Inquérito aos Industriais de Azeitona de Mesa

Os resultados do inquérito aos industriais de azeitona de mesa permitem-nos estimar, para esta campanha, um volume de produção de azeitona para conserva a rondar as 23,7 mil toneladas, o que representa um aumento de 14% (+2,9 mil toneladas), relativamente à campanha anterior.


Contactos

Email: geral@gpp.pt

 

Telefone:

(+351) 213 234 600

Fax:

(+351) 213 234 601
 

Encarregado da Proteção de Dados do GPP: encarregado.protecao.dados@gpp.pt

 

Data de atualização

23-05-2019

rep pt1

w3cvalidhtml5png

Copyright © 2018 GPP. All rights reserved.