A importância da Biotecnologia para a sustentabilidade da Agricultura

18/10/2023

O Gabinete de Planeamento, Políticas e Administração Geral (GPP) participou na Conferência “A importância da Biotecnologia para a sustentabilidade da Agricultura” realizada a 17 de outubro de 2023, no Centro Cultural de Belém, em Lisboa. A iniciativa - organizada pela Associação Portuguesa dos Industriais de Alimentos Compostos para Animais (IACA) em colaboração com o Innov Plant Protect, Centro de Informação de Biotecnologia (CIB) e jornal Público - teve como Keynote Speaker o Diretor-Geral do GPP, Eduardo Diniz.

A iniciativa teve como objetivo, a partir do debate entre vários especialistas da área do melhoramento de plantas e da agricultura, promover a reflexão sobre o papel da biotecnologia no desenvolvimento de práticas agrícolas mais sustentáveis e eficazes.

O GPP apresentou um enquadramento ao tema, tendo por base as seguintes questões centrais:  

      • Como garantir simultaneamente o abastecimento alimentar da população mundial e os objetivos para a transição climática?
      • Qual o contributo da União Europeia (UE) para o desafio de um sistema alimentar sustentável?

Na intervenção, o GPP desenvolveu estes temas e apresentou as prioridades a nível mundial e da UE para fazer face aos desafios a nível da sustentabilidade, assim como o ponto de situação sobre as Novas Técnicas Genómicas (NTG), destacando-se:

  • o necessário equilíbrio entre o abastecimento alimentar e um sistema alimentar sustentável;
  • o crescimento da população em simultâneo com a evolução de tecnologias genéticas;
  • os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e o Pacto Ecológico Europeu como prioridades da agenda política a favor da sinergia entre produção alimentar, circularidade do sistema alimentar, biodiversidade e neutralidade climática;
  • o processo político-institucional associado ao recurso a NTG para o desenvolvimento de sementes e plantas resistentes a pragas e doenças.

As NTG têm o potencial de contribuir para sistemas agroalimentares sustentáveis, em conformidade com os objetivos do Pacto Ecológico Europeu e Estratégia “Do Prado ao Prato. Neste contexto, é reconhecido que esta técnica inovadora contribui para a sustentabilidade da agricultura, nomeadamente pela melhor gestão da utilização de recursos naturais, fertilizantes e produtos fitofarmacêuticos, maior competitividade da produção agrícola, resiliência às alterações climáticas, renovação geracional no setor agrícola e redução do desperdício alimentar.

No âmbito do diálogo estratégico sobre o futuro da agricultura na UE, a Comissão Europeia destaca na proposta para 2024 a importância da inovação tecnológica para o desenvolvimento e sustentabilidade da agricultura. Reconhece igualmente que o setor tem empreendido uma importante transformação na adoção de práticas mais sustentáveis, reforçando o seu papel fundamental na segurança alimentar.

Neste contexto de inovação tecnológica, sem aumento da produtividade (com NTG) não é possível cumprir o Pacto Ecológico Europeu.

Contactos

Email: geral@gpp.pt

Telefone: (+351) 213 234 600

Encarregado Proteção Dados:
encarregado.protecao.dados@gpp.pt

Data de atualização

26-02-2024

 17 Digital PT 4C H FC AA

 

logoGPP final

 

w3cvalidhtml5png

Copyright © 2018 GPP. All rights reserved.

Pesquisar